Informação adicional

Autor

Eleição & Vocação, por R. M. M’Cheyne

SKU: e913e0425951 Categoria:

Descrição

Que belos discurso sobre as nossa santíssima Fé Evangélica!

Neste pequeno resumo quero usar o menos possível minhas palavras para não manchar o belo tecido, composto pelo poeta escocês.

Neste mui lindamente ele discorre sobre a Eleição e sobre o nosso chamado de Deus.

Quanto à Eleição:

“Ele é soberano em escolher as pessoas mais improváveis para ser salvas. Vocês poderiam esperar que a maioria dos ricos fossem salvos. Eles têm mais tempo para as coisas divinas; eles não são incomodados pelos temores da pobreza; eles podem adquirir todas as vantagens. E ainda, ouçam a Palavra de Deus: “Ouvi, meus amados irmãos: Porventura não escolheu Deus aos pobres deste mundo para serem ricos na fé, e herdeiros do reino que prometeu aos que o amam?” (Tiago 2:5). Novamente, vocês poderiam ter pensado que Deus teria escolhido os sábios e eruditos, para serem salvos. O Evangelho é um assunto de profunda sabedoria. A Bíblia foi escrita em línguas antigas, difíceis de ser apreendidas. E homens educados são geralmente livres de prejuízos, dos quais as pessoas comuns são sujeitas. E ainda, ouçam a palavra de nosso Senhor: “Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos. Sim, ó Pai, porque assim te aprouve”. “Vocês poderiam ter pensado que certamente Deus salvará as pessoas mais virtuosas do mundo. Ele é o Deus da pureza, que ama o que é santo; e embora ninguém seja justo, não, nenhum, ainda assim, alguns são menos manchados com o pecado do que outros. Certamente Ele escolherá destes. O que o Senhor Jesus diz aos Fariseus? “Em verdade vos digo que os publicanos e as meretrizes entram adiante de vós no reino de Deus”. O inocente jovem governante é deixado ir embora entristecido, enquanto o Rei da glória entra em um portão de pérola da Nova Jerusalém com um ladrão lavado em Seu Sangue ao Seu lado.”

“Glória a Deus o Pai, pois Ele me escolheu antes da fundação do mundo. Glória a Jesus, pois Ele passou por milhões e morreu por mim. Glória ao Espírito Santo, pois Ele veio com livre amor e despertou-me.”

E sobre o Santo Chamado de Deus aos seus Eleitos:

“É o chamado do invisível Espírito do Todo-Poderoso que docemente inclina a vontade, e derrete o coração do pecador. Este aqui é um chamado salvífico. Quando Jesus disse a Mateus, “segue-me”, o Espírito soprou sobre seu coração, e o fez disposto: ‘Ele se levantou e seguiu Jesus’.”

Porém também nos alerta quanto a extrema solenidade dos chamados de Deus:

“Ó, pecador! Não pense que a sua leitura e ouvir o Evangelho salvarão, por si mesmos, a sua alma. Não pense que porque você tem uma Bíblia, um pastor, e um lugar na Casa de Deus, que, portanto, você está em um caminho para o céu. Lembre-se que Deus deve salva-lo, e chama-lo com uma santa vocação. Se você não for vivificado do alto, seus chamados exteriores serão apenas cheiro de morte para a morte à sua alma. Esta será uma das principais misérias do inferno: lembrar os textos e sermões que ouviu na terra, quando você não foi a Cristo para ter vida.”

O nosso desejo é que todos aqueles que correrem os olhos sobre estas linhas possam ser chamados com um santo e chamado e salvos, tendo antes “Deus [os] elegido desde o princípio para a salvação, em santificação do Espírito, e fé da verdade” (2 Tessalonicenses 2:13).

A Salvação Pertence ao Senhor. Deus seja glorificado!
 

Informação adicional

Autor