Informação adicional

Autor

Cristo, O Único Refúgio, por R. M. M’Cheyne

SKU: cac1a3cf1e05 Categoria:

Descrição

“Vai, pois, povo meu, entra nos teus quartos, e fecha as tuas portas sobre ti; esconde-te só por um momento, até que passe a ira.” (Isaías 26:20)

A doutrina a ser aprendida a partir desta passagem é muito simples, a saber, que em todos os tempos de calamidade Deus nos ordena e a nossas famílias a encontrarmos refúgio em Cristo. Não há segurança em qualquer outro lugar.

Cristo é um refúgio completo em cada tempestade.

Em outras partes da Bíblia, Cristo é comparado a “um esconderijo contra o vento, e um refúgio contra a tempestade e como a sombra de uma grande rocha em terra sedenta” [Isaías 32:2]; Ele é comparado a uma “torre forte” [Provérbios 18:2] ou “alto refúgio” [Salmos 18:2], para o qual nós podemos fugir e estar a salvos. Ele é comparado a uma “macieira entre as árvores do bosque”, sob a sombra da qual, podemos sentar, e seu fruto é doce ao nosso paladar [Cânticos 2:3], mas a comparação aqui é bem diferente, ele é aqui comparado ao nosso próprio quarto com a porta fechada: “Vai, pois, povo meu, entra nos teus quartos, e fecha as tuas portas sobre ti; esconde-te só por um momento, até que passe a ira”.

Agora Cristo é como o nosso próprio quarto com a porta fechada, em muitos aspectos:

(1) Porque há segurança nEle.

(2) Porque há sossego e descanso nEle.

(3) Porque a nossa casa é um refúgio de prontidão, de acesso próximo e fácil.

I. Cristo é um refúgio completo durante as tempestades da consciência.

II. Cristo é um refúgio completo em uma tempestade de providência.

III. Há apenas duas observações que gostaria de fazer, em conclusão:

1. Esta passagem ordena que nos escondamos em Cristo, e não isoladamente, mas em famílias.
2. Eu observo que os perigos a que estão expostos o crente são apenas passageiros.
(1) As tribulações temporais são apenas por um momento.
(2) A ira do último dia será apenas por um momento.

***

E, um precioso Comentário de Isaías 26:20, por John Gill

Informação adicional

Autor