Informação adicional

Autor

Convertei-vos Pela Minha Repreensão, por R. M. M’Cheyne

SKU: 467b7e7a862e Categoria:

Descrição

Este sermão anunciado originalmente em 1835, continua tão necessário e solene como sempre, ao expor o gracioso e urgente Mandato do Evangelho, para que pecadores corram para Cristo Jesus e sejam salvos da Ira Vindoura. Que Deus, o Espírito Santo, leve muitos de Seus amados a Cristo por meio da instrumentalidade desta leitura. Amém!

“A sabedoria clama lá fora; pelas ruas levanta a sua voz. Nas esquinas movimentadas ela brada; nas entradas das portas e nas cidades profere as suas palavras: Até quando, ó simples, amareis a simplicidade? E vós escarnecedores, desejareis o escárnio? E vós insensatos, odiareis o conhecimento? Atentai para a minha repreensão; pois eis que vos derramarei abundantemente do meu espírito e vos farei saber as minhas palavras”. (Provérbios 1:20-23)

• O chamado do Salvador, nas palavras que estão diante de nós, assim como a promessa que as acompanha, são dirigidas a pecadores e não a santos.

• O chamado de Cristo é para uma conversão imediata.

Tendo explicado estas coisas, é agora meu desejo pressionar sobre vocês o chamado do Salvador por meio de três argumentos:

I. O chamado do Salvador deve ser obedecido por você por causa da rica promessa na qual está envolvido: "Atentai para a minha repreensão; pois eis que vos derramarei abundantemente do meu espírito e vos farei saber as minhas palavras”.

1. Pense como é essencial esta mudança para sua bem-aventurança.

2. Mas se esta é uma mudança essencial, pense como é impossível para o homem.

II. O chamado do Salvador para atentarmos para Ele hoje, deve ser obedecido por nós, porque a conversão, torna-se mais difícil a cada dia.

• “Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações, como na provocação”.

III. O chamado do Salvador para converter-se agora deve ser obedecido por nós, porque o Salvador não chamará para sempre.

• Não apenas a que a morte é frequentemente repentina, e que a vinda do Filho do Homem será com toda a certeza repentina, como um ladrão na noite, mas que a retirada do suplicante Salvador do homem vivente, que por muito tempo resistiu ao Seu chamado, muitas vezes é repentina e irremediável?

• Despertem, pois, irmãos, vocês que pensam que é tudo o mesmo, que vocês se arrependam e abracem o Salvador, desde que seja feito antes que morram. Despertem vocês que dizem: “um pouco a dormir, um pouco a tosquenejar, um pouco a repousar de braços cruzados”. O sol da graça pode não ser como o sol da natureza; pode não haver nenhum crepúsculo calmo e tranquilo, quando você deve ver a si mesmo entrando em trevas; corra para Aquele que é a luz do mundo.
 

Informação adicional

Autor