Exposição de João 15:1-17, por C. H. Spurgeon

|

Assim diz o Senhor Jesus. Versículo 1. Eu sou a videira verdadeira: Muitas perguntas têm sido levantadas sobre o que é a verdadeira Igreja. O Salvador lhes responde: “Eu sou a videira verdadeira”. Todos os que estão unidos, realmente unidos, ao Salvador eternamente vivo são membros da verdadeira Igreja. Você pode encontrá-los, se eles são um com Cristo, são Seus; eles são partes da Videira Divina, eles pertencem à Sua Igreja.

 

1b. E Meu Pai é o lavrador: Esta é província do Pai, pelo Espírito Santo, e pelas obras da Providência, veja a prosperidade da Igreja. “Meu Pai é o lavrador”. Todos os pregadores, todos os professos são, apenas, por assim dizer, a ferramenta de poda que está na mão do grande Lavrador. “Meu Pai é o lavrador”.

 

2a. Toda a vara em mim, que não dá fruto, a tira: É uma parte necessária da vinha remover os brotos supérfluos. Demasiada produção de madeira que não leva à produção de frutos, nada é senão uma perda de força. E assim é na Igreja, há aqueles que não produzem frutos e, por um tempo, eles parecem ser frescos e verdes, e eles estão sob os lavradores que não ousam lança-los fora. Mas o Pai faz isso, às vezes, removendo-os pela morte, em outras vezes, permitindo-lhes abertamente expor seu próprio caráter, até que sejam passíveis de disciplina da Igreja e sejam removidos.

 

2b. e limpa toda aquela que dá fruto, para que dê mais fruto: Que significa isso? “Ele as limpa (poda-as) para que produza mais fruto”. “Eu não consigo entender”, disse alguém a mim no outro dia: “Por que eu estou muito atormentado. Fui examinar a mim mesmo para descobrir que pecado pode ter sido a causa disso”. Ora, amados, se essa for sua pergunta, esta noite, pode haver um pecado sendo posto de lado e, em caso afirmativo, Deus me livre que eu deveria evitar seu exame! Mas lembre-se, por outro lado, aflição não é evidência de pecado, mas muitas vezes do próprio contrário! É o ramo frutífero que recebe a poda. Você é um tão bom ramo que Deus quer que você melhore. Você tem tais capacidades para dar frutos que Ele quer ver essas capacidades desenvolvidas. O lapidador não coloca em cima da roda a pedra que não é preciosa, mas a que é, e assim a sua aflição não é nenhuma marca, portanto, de sua falta de graça, mas de tê-la! “toda aquela que dá fruto, para que dê mais fruto”.

 

3a. Vós já estais limpos: Porque é assim que devem estar.

 

3b. Pela palavra que vos tenho falado: Enquanto Cristo estava com Seus discípulos, Ele manteve a Sua vinha continuamente podada pela palavra que Ele falou. Essa palavra cortou os ramos infrutíferos, pois lemos que depois Ele diz que havia alguns que voltaram para trás e já não andavam com Ele, pois disse: “duro é este discurso. Quem pode suportar?”. Essa foi a palavra de Deus, a poda dos ramos inúteis! E havia outros que estavam aflitos por Suas palavras. Eram pessoas boas, e ele fez-lhes bem. Foi uma tristeza segundo Deus que trouxe os frutos dignos de arrependimento.

4. Estai em mim, e eu em vós: Aqui está o grande cânone da vida Cristã! Apegar-se a Cristo. Não só viver com Ele, mas viver nEle. “Estai em Mim”. E, não apenas deixe Jesus ser seu companheiro de vez em quando, em ocasiões sagradas, mas deixe que Ele permaneça em ti! Faça de seu coração um templo, deixe que Ele encontre Seu descanso mais doce, Sua casa, em você!

 

4a. Como o ramo não pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira, assim também vós, a não ser vós permanecerdes em mim. Ou seja, manter-se em Cristo, assim, isto é a questão vital! Aqui está a raiz de toda a questão, ser um com Jesus pela união vital, derivando a seiva da nossa vida inteiramente dEle!

 

5. Eu sou a videira, vós sois os ramos: Aquele que permanece em mim, e eu nele, esse dá muito fruto. Esta dupla permanência dá uma colheita dupla! Cristo em mim, e eu em Cristo: Eu devo ser frutífero. Ó amados, olhem bem para isso. Tenho medo de que ficamos a uma distância de Cristo. Há mais perigo disto em velhos professos do que há em jovens iniciantes. O jovem iniciante muitas vezes é fervoroso de coração. A verdadeira novidade da coisa o mantém perto de seu Mestre, mas, cuide do afrouxamento! Vocês que têm sido peregrinos por um longo tempo, cuidem do enfraquecimento! É tão fácil crescer frio neste mundo frio, e é tão difícil manter o santo fervor espiritual, sem o qual não há saúde espiritual.

 

5b. quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer: Não “você fará menos”, ou, “você fará o mínimo”, mas você não pode fazer nada, nada de bom, nada espiritual, nada aceitável, se separado de Jesus!

 

6. Se alguém não estiver em mim, será lançado fora, como a vara, e secará; e os colhem e lançam no fogo, e ardem: E, oh, quantos vêm para este fim! Eles pareciam ser tudo o que os ramos frutíferos são, mas eles nunca foram almas salvas, pois almas salvas sempre produzem frutos de justiça! Sua salvação é provada por sua frutificação. Mas embora estes pareciam ser tudo o que os outros foram, depois de um tempo eles foram descobertos e lançados ao fogo e queimados.

 

7. Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito: Minhas próprias palavras. Você deve entesourar os ensinamentos de Cristo. Você deve obedecer seus preceitos. Se você fizer isso: “pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito”. Neste capítulo são ministradas uma ou duas vezes que o poder da oração depende muito da proximidade da nossa comunhão com Cristo, e da integridade de nossa obediência a Ele. Somos salvos pela fé no Redentor, mas a alegria da salvação, a própria dignidade e glória, só virão para aqueles homens e mulheres que zelosamente mantêm-se vigilantes, e com zelo obedecem ao seu Senhor e Mestre.

8-9. Nisto é glorificado meu Pai, que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos. Como o Pai me amou, também eu vos amei a vós; permanecei no meu amor: Que palavra gloriosa! Eu mal conheço um texto mais profundo, mais completo do que esse. Da mesma maneira como Deus o Pai ama o Filho, dessa mesma forma o Filho nos ama! Ouça as palavras de novo: “Como o Pai me amou, também eu vos amei a vós; permanecei no meu amor”. Ele nos confirma isto e nos ordena a viver no gozo do mesmo!

 

10a. Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor: Você deverá conhecer isto. Você deve viver nisto; deve ser o ar que você respira.

 

10b-11a. Do mesmo modo que eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor. Tenho-vos dito isto, para que o meu gozo permaneça em vós, e o vosso gozo seja completo: Cristo deseja que Seu povo seja feliz; feliz, no entanto, com uma santa alegria, que não é, portanto, uma alegria sombria e de segunda categoria. É a própria alegria que o povo do Cristo de Deus deve desfrutar!

 

11a-16. Para que o meu gozo permaneça em vós, e o vosso gozo seja completo. O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei. Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos. Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando. Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer. Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai Ele vo-lo conceda: A segunda vez que ele coloca esta notável prevalência de oração lado a lado andando com os mandamentos do Senhor! Oh, você tem falta deste êxito em sua vida e obras, você não pode rastrear o seu fracasso em seu esquecimento de Deus? Será que Deus fará a tua vontade, se você não fizer a Sua? Ele esperará por você, se você não esperará nEle? Será que Ele não (não deve você esperar que Ele irá) andará contrário a você se você andar contrário a Ele? Que Seu Espírito lhe faça puro na vida, para que, em seguida, você deva ser bem sucedido diante do Propiciatório!

 

17. Isto vos mando: Que vos ameis uns aos outros: Jesus, envie-nos este espírito de amor, nós te suplicamos!
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.