Textos

 

O Incomparável e Irrecusável Chamado de Cristo para Mulheres, por Thomas Vincent

 

[Excerto de O Chamado de Cristo Para Mulheres Jovens • Thomas Vincent]

“Ouve, filha, e olha, e inclina os teus ouvidos; esquece-te do teu povo e da casa do teu pai. Então o rei se afeiçoará da tua formosura, pois ele é teu Senhor; adora-o.” (Salmos 45:10-11)


Este Salmo é chamado de cântico de amores, o mais elevado, puro e espiritual, e mais querido, doce e deleitoso dos amores, ou seja, aquele amor que existe entre Cristo, o Amado, e Sua Igreja, que é a Sua esposa. Aqui é apresentado, em primeiro lugar, o Senhor Jesus Cristo em Sua majestade, poder e Divindade, Sua verdade, mansidão e equidade; e em seguida, a esposa é estabelecida no que diz respeito aos seus enfeites, companhias, auxílios, e posteridade. E ambos estão definidos no que diz respeito à sua amabilidade e beleza.

Depois de ser feita uma descrição de Cristo, um convite é feito à Sua esposa, e esta dentre filhos dos homens, chamados pelo nome de “filha”. Portanto, é particularmente aplicável às filhas dos homens, ainda assim, não como excluindo os filhos dos homens como mais do que quando Deus fala aos filhos dos homens, Ele exclui as filhas. Falarei agora as palavras e, a partir daí observarei esta doutrina, de modo tão abrangente quanto eu possa fazê-lo [...].

1. Cristo desposa e Se compromete com pessoas, para Si mesmo neste mundo. A cerimônia pública do casamento é reservada até o último dia em que Sua esposa deve ser trazida a Ele com vestes brancas e vestimenta de justiça perfeita, mais rica e minuciosa do que qualquer bordado. A festa de casamento será realizada na casa de Seu Pai no Céu, onde serão recebidos nos abraços mais próximos e mais apertados de Seu amor. O desposamento entre eles e o casamento é vinculado aqui...

Veja mais

O Chamado de Cristo Para Mulheres Jovens, por Thomas Vincent

 

“Ouve, filha, e olha, e inclina os teus ouvidos; esquece-te do teu povo e da casa do teu pai. Então o rei se afeiçoará da tua formosura, pois ele é teu Senhor; adora-o.” (Salmos 45:10-11)
 

ESTE SALMO É CHAMADO DE CÂNTICO DE AMORES, o mais elevado, puro e espiritual, e mais querido, doce e deleitoso dos amores, ou seja, aquele amor que existe entre Cristo, o Amado, e Sua Igreja, que é a Sua esposa. Aqui é apresentado, em primeiro lugar, o Senhor Jesus Cristo em Sua majestade, poder e Divindade, Sua verdade, mansidão e equidade; e em seguida, a esposa é estabelecida no que diz respeito aos seus enfeites, companhias, auxílios, e posteridade. E ambos estão definidos no que diz respeito à sua amabilidade e beleza. Depois de ser feita uma descrição de Cristo, um convite é feito à Sua esposa, e esta dentre filhos dos homens, chamados pelo nome de “filha”. Portanto, é particularmente aplicável às filhas dos homens, ainda assim, não como excluindo os filhos dos homens como mais do que quando Deus fala aos filhos dos homens, Ele exclui as filhas. Falarei agora as palavras e, a partir daí observarei esta doutrina, de modo tão abrangente quanto eu possa fazê-lo...
 

Veja mais

TEMAS

AUTORES

ARQUIVOS

INSCREVA PARA RECEBER
NOSSAS ATUALIZAÇÕES: