Textos

 
1  2  >

Devocional Banco da Fé • 13 de Fevereiro

 

Bendito no Campo

 

“Bendito serás no campo.” (Deuteronômio 28:3)

 

Assim Isaque foi abençoado quando andou nos campos ao anoitecer para meditar. Quantas vezes o Senhor nos encontrou quando estávamos sozinhos! Os arbustos e as árvores podem dar testemunho de nossa alegria. Nós buscamos tal bem-aventurança novamente.

 

Assim Boaz foi abençoado enquanto ceifava a sua colheita, e seus servos o encontravam com bênçãos. Que o Senhor prospere todos os que usam o arado! Cada agricultor pode pleitear essa promessa para com Deus, se ele obedece a voz do Senhor Deus.

 

Nós vamos para o campo para trabalhar, como nosso pai Adão fazia; e uma vez que a maldição caiu sobre o solo devido ao pecado do primeiro Adão, é um grande consolo encontrar uma bênção por meio do segundo Adão.

Veja mais

Devocional Banco da Fé • 6 de Fevereiro

 

Bênção na Cidade

 

“E todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, quando ouvires a voz do Senhor teu Deus: Bendito serás na cidade...” (Deuteronômio 28:2-3)

 

A cidade está cheia de preocupações, e a pessoa que precisa estar lá dia após dia descobre que a cidade é um lugar de grande desolação. Ela é cheia de ruído, agitação, alvoroço e ocupação enfadonha; muitas são as suas tentações, perdas e inquietações. Mas estar na cidade com a bênção divina remove o dano de sua dificuldade; pois, permanecer lá com essa bênção é encontrar prazer nos seus deveres e forças necessárias paras as suas exigências.

Veja mais

Devocional Banco da Fé • 3 de Fevereiro

 

Deus Dá Livremente

 

“Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas?” (Romanos 8:32)

 

Se essa não é uma promessa quanto à forma, é na realidade. De fato, é mais do que uma promessa, é um ajuntamento de promessas. É como muitos rubis, esmeraldas e diamantes colocados sobre uma pepita de ouro. É uma questão que não pode ser respondida de modo a nos causar qualquer ansiedade de coração. O que o Senhor pode nos negar depois de nos dar Jesus? Se precisássemos de todas as coisas no Céu e na Terra, Ele as concederia a nós; porque, se houvesse limite, Ele desconsideraria o Seu próprio Filho.

Veja mais

Devocional Banco da Fé • 29 de Janeiro

 

A Obediência Produz Bênçãos

 

“Guarda e ouve todas estas palavras que te ordeno, para que bem te suceda a ti e a teus filhos depois de ti para sempre, quando fizeres o que for bom e reto aos olhos do Senhor teu Deus.” (Deuteronômio 12:28)

 

Embora a salvação não seja pelas obras da lei, mas as bênçãos que são prometidas à obediência não são negadas aos fiéis servos de Deus. O nosso Senhor suportou as maldições quando foi feito maldição por nós, mas nenhuma afirmação sobre a bênção foi revogada.

 

Devemos observar e ouvir a vontade revelada do Senhor, não atentando para partes dela, mas para “todas estas palavras”. Não deve haver escolhas, mas uma reverência imparcial por tudo o que Deus ordenou. Este é o caminho da bem-aventurança para o Pai e para os Seus filhos. 

Veja mais

Devocional Banco da Fé • 23 de Dezembro

 

O Mais Excelente

 

“E de José disse: Bendita do Senhor seja a sua terra, com o mais excelente dos céus, com o orvalho e com o abismo que jaz abaixo.” (Deuteronômio 33:13)

 

Podemos ser ricos em coisas como as que José obteve, e podemos tê-las em um sentido mais elevado. Oh, “o mais excelente dos céus”!

 

Poder com Deus e a manifestação do poder de Deus são muito preciosos. Gostaríamos de desfrutar da paz de Deus, da alegria do Senhor, da glória do nosso Deus. Nós valorizamos a bênção e a comunhão das três Pessoas Divinas em amor e graça mais do que o ouro refinado. As coisas da terra são como nada quanto à preciosidade em comparação com as coisas do céu.

 

“O orvalho”. Quão precioso é este! Como oramos e louvamos quando temos o orvalho! Que refrigério, crescimento, perfume, que vida existe em nós quando o orvalho vem. 

Veja mais

TEMAS

AUTORES

ARQUIVOS

1  2  >

INSCREVA PARA RECEBER
NOSSAS ATUALIZAÇÕES: