Textos

 

O Explendor do Reino de Cristo Não É Exterior, por Abraham Booth

 

 [Excerto de Um Ensaio sobre o Reino de Cristo, por Abraham Booth]

 

A grandiosidade de um reino temporal consiste principalmente do número e da afluência de sua nobreza, os títulos e aparência pomposa de seus vários magistrados, o estado florescente de seus negócios e comércio, a riqueza de seus proprietários de terras, e a elegância de seus edifícios públicos. Magníficos palácios e vestes reais são bastante compatíveis para príncipes seculares. Insígnias de honra, aparatos esplêndidos e mansões imponentes são adequados aos nobres; enquanto um tipo mais solene de pompa exterior é muito próprio aos ministros da justiça pública. Estas, e semelhantes coisas, dão um ar de dignidade e de importância às soberanias políticas, mas elas são todas estranhas ao reino de Cristo, a glória deste é inteiramente espiritual.
 

A Igreja Cristã é digna e adornada, por ser o depositário da verdade Divina em sua forma não adulterada, e por executar os apontamentos Divinos em sua pureza primitiva; por possuir as belezas da santidade, e por desfrutar da presença de Deus. Essa é a verdadeira glória do reino de nosso Senhor, o que a torna incomparavelmente superior a qualquer monarquia temporal.

Veja mais

TEMAS

AUTORES

ARQUIVOS

INSCREVA PARA RECEBER
NOSSAS ATUALIZAÇÕES: