Textos

 

4 Considerações Bíblicas Sobre as Vestimentas de Mulheres Cristãs, por Camila Rebeca Teixeira

 

[Assista ao Videocast Feminilidade Bíblica#1: Vestimentas da Mulher Cristã]


Há algo que nós fazemos todos os dias, e se somos Cristãs, desejaremos fazê-lo para a glória de Deus (1 Coríntios 10:31): Vestir-se!

Cremos que ao escolher as roupas que usaremos em nosso dia a dia, não devemos nos basear essencialmente em nossa cultura, no momento da história em que vivemos, em nossos gostos pessoais e em nossa condição financeira (apesar de serem fatores importantes!), mas o fundamento de nossas escolhas devem ser os princípios da Palavra de Deus sobre este assunto.

Na Bíblia encontramos duas passagens na quais buscaremos meditar para a nossa instrução e edificação quanto a este assunto: 1 Timóteo 2:9-10 e os primeiros versos do capítulo 3 de 1 Pedro (ACF, ênfases minhas):
 

“Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos, mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras.” — 1 Timóteo 2:9-10

“Semelhantemente, vós, mulheres, sede sujeitas aos vossos próprios maridos; para que também, se alguns não obedecem à palavra, pelo porte de suas mulheres sejam ganhos sem palavra; considerando a vossa vida casta, em temor. O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de joias de ouro, na compostura dos vestidos; mas o homem encoberto no coração; no incorruptível traje de um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus.” (Porque assim se adornavam também antigamente as santas mulheres que esperavam em Deus, e estavam sujeitas aos seus próprios maridos; como Sara obedecia a Abraão, chamando-lhe senhor; da qual vós sois filhas, fazendo o bem, e não temendo nenhum espanto.) — 1 Pedro 3:1-6


Como Cristãs, cremos que estes textos expressam claramente a vontade de Deus para nós quanto a como nos vestirmos de modo a honrá-lO. Considerando que este não é um estudo exaustivo sobre o tema, e tendo os textos sagrados acima citados como fundamento de nossa meditação, consideremos: 

Veja mais

O Chamado de Cristo Para Mulheres Jovens, por Thomas Vincent

 

“Ouve, filha, e olha, e inclina os teus ouvidos; esquece-te do teu povo e da casa do teu pai. Então o rei se afeiçoará da tua formosura, pois ele é teu Senhor; adora-o.” (Salmos 45:10-11)
 

ESTE SALMO É CHAMADO DE CÂNTICO DE AMORES, o mais elevado, puro e espiritual, e mais querido, doce e deleitoso dos amores, ou seja, aquele amor que existe entre Cristo, o Amado, e Sua Igreja, que é a Sua esposa. Aqui é apresentado, em primeiro lugar, o Senhor Jesus Cristo em Sua majestade, poder e Divindade, Sua verdade, mansidão e equidade; e em seguida, a esposa é estabelecida no que diz respeito aos seus enfeites, companhias, auxílios, e posteridade. E ambos estão definidos no que diz respeito à sua amabilidade e beleza. Depois de ser feita uma descrição de Cristo, um convite é feito à Sua esposa, e esta dentre filhos dos homens, chamados pelo nome de “filha”. Portanto, é particularmente aplicável às filhas dos homens, ainda assim, não como excluindo os filhos dos homens como mais do que quando Deus fala aos filhos dos homens, Ele exclui as filhas. Falarei agora as palavras e, a partir daí observarei esta doutrina, de modo tão abrangente quanto eu possa fazê-lo...
 

Veja mais

TEMAS

AUTORES

ARQUIVOS

INSCREVA PARA RECEBER
NOSSAS ATUALIZAÇÕES: